terça-feira, 29 de novembro de 2011

nada mais possuo

a não ser este recado que hoje segue 
manchado de finos bagos de romã

repara
como o coração de papel amareleceu 
no esquecimento de te amar




Al Berto
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...