segunda-feira, 10 de outubro de 2011


Tenho uma dor de concha extraviada.

Uma dor de pedaços que não voltam.

Eu sou muitas pessoas destroçadas






Manoel de Barros
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...