"Pétalas pálidas
repousam, doloridas,
sobre a mesa.


Quem vos negou a
escassa água de um
jarro?"






Lídia Borges
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!