Para que percorres inutilmente o céu inteiro à procura da tua estrela? Põe-na lá. 



Vergilio Ferreira
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!