quinta-feira, 6 de outubro de 2011


Nunca escreverei uma palavra para lamentar a vida.

Meu verso é água corrente, é tronco, é fronde,

É folha, é semente, é vida!

-É vida-





Cora Coralina
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...