sexta-feira, 21 de outubro de 2011



Mas nem todas dormem, nessa hora 
de torpor líquido e inocente. 
Muitos hão de estar vigiando, 
e chorando, a noite toda, 
porque a água dos olhos 
nunca tem sono...



Guimarães Rosa
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...