Eu quero te contar
Das chuvas que apanhei



Das noites que varei
No escuro a te buscar




Chico Buarque
3 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!