Chora aos berros como as crianças até te

estafares. Verás que depois adormeces
.






Vergílio Ferreira
11 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!