Cansado de chorar pelas estradas,

 

Exausto de pisar mágoas pisadas,


 Hoje eu carrego a cruz das minhas dores!







Augusto dos Anjos
9 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!