Alma e corpo, corpo e alma... Que mistério!

Há animalidades na alma, e o corpo tem momentos de espiritualidade.

Quem poderá dizer onde cessam os impulsos da carne ou onde começam os impulsos físicos?



Oscar Wilde
6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!