Os apegos que nos acorrentam...


Há coisas bem piores
do que ser sozinho.

Mas às vezes levamos décadas
para percebê-lo.
E ainda mais vezes
é demasiado tarde.

E não há nada pior
do que demasiado tarde.


Charles Bulowsky
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!