Não somos mais
Que um punhado de mar


Uma piada de Deus


Um capricho do sol
No jardim do céu…




Paulinho Moska
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!