Eu quero guardar teu beijo na concha das mãos... Teu cheiro eu levo feito mancha na roupa, que eu não lavo não.

A Banda Mais Bonita da Cidade
7 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!