É que ando dentro da vida

Sem vida dentro de mim.




Manuel Bandeira.
2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!