" Dono de ti
Dono de quem?
Dono de nada...
Pobre de mim
Que faz vibrar
Corpo sem alma
Dono de um mundo
Rei vagabundo
Sou um tudo
E não sou nada
DONO DE NADA!"


Jose Luis Rodriguez
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!