domingo, 11 de setembro de 2011


Às vezes levanto de madrugada, com sede, com flocos de sonho pregados na minha roupa...


Adélia Prado
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...