quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A única coisa que fiz até hoje foi fugir, de mim mesmo, do meu nada, e agora não tenho mais para onde ir, nem sei o que vou fazer.


Charles Bukowski
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...