Traz um litro de uísque e um amor de verão. Traz um pouco de sorvete e uma lua cheia. Traz um cartão postal e um beijo de sol. Traz toda sua paz.


 Caio Augusto Leite
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!