Quando voltar do trabalho, olhe para cima e repare: no meio dos prédios altos, frios e cinzentos, todos os postes de luz, com seus fios, adormecem de mãos dadas.


— Rita Apoena
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!