domingo, 28 de agosto de 2011



Essa ferida, meu bem, às vezes não sara nunca, às vezes sara amanhã.


Carlos D. de Andrade.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...