terça-feira, 16 de agosto de 2011


Em que ouvido ficou sua voz? Em que olhar ficou sua imagem? Em que mar ficou nosso lado a lado? Em que coração ficou suas doces palavras de amor eterno?


Caio Augusto Leite
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...