"Colha seus botões de rosa enquanto pode
O velho tempo ainda voa

E a mesma flor que hoje sorri
Amanhã estará morrendo…"





Robert Herrick
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!