"Agora, como boa marinheira de incontáveis viagens,


Finalmente sei como desatar nós."



Gabito Nunes
6 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!