"Não quero perder as minhas asas, por isso não vou crescer - apenas me desenrolar." 

Lya Luft
1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!