Hoje eu não queria a juventude assim perdida.
Eu não queria andar morrendo pela vida.
Eu não queria amar assim,
Como eu te amei.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!