Eu quero sentir o sopro do meu além. 

Para ser mais do que eu, pois tão pouco sou.


Clarice Lispector


8 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!