Em todo canto, a toda hora, momento por momento, dentro de cada olhar que cruza o meu sem saber que me declarei propriedade privada... De forma múltipla e depravada eu penso em você, pertenço a você e respiro você... Segundo atrás de segundo.

Saudades"

- Matheus Macedo -
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!