segunda-feira, 18 de julho de 2011

Demasiadamente!



Tudo posso ser, minha alma errante e meu espírito livre me dizem somente uma certeza:

Sou humano, demasiadamente humano.



Nietzsche
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...