quarta-feira, 20 de julho de 2011

De manhã me lembro de você
Não tem jeito nenhum de esquecer
Dos teus olhos, teu jeito, tua voz
Do amor que habita em nós
( Catedral 
Postar um comentário

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...

‘Cubra-nos com Teu Manto, oh Mãe’...  Quantas frases mal pronunciadas, sussurradas, cheias de uma pressa, de apelo e de fé elevei ...