As Alegrias costumam ser preparadas no 

                Silêncio das duras esperas



Pe. Fábio de Melo
11 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tudo é vário. Temporário. Efêmero. Nunca somos, sempre estamos!