quarta-feira, 23 de março de 2011


"E as palavras de que fujo, me perseguem. E o silêncio a que as remeto, não me acalma. É quando, então, Ignoro silêncio, empurro pessoas. Peso palavras, calo ilusão. E fico calada. E grito silêncio. E escrevo palavras. E choro poemas."


Huga Kátia

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...